sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Guarda Municipal ministra aulas de defesa pessoal aos componentes do TG 10-001

TG 10-001
AQUI SE APRENDE A DEFENDER A PÁTRIA
Durante esta semana, dos dias 08 a 12 de Agosto, a Guarda Civil Municipal de Camocim, através de um dos seus componentes, o Guarda Municipal, Professor de Karatê 2º DAM e Educador Físico, Lúcio, ministrou aulas de Defesa Pessoal (uso de tonfa) ao grupamento do Tiro de Guerra de Camocim. 
  
 
O incansável Subtenente William Hilton Santos, em destaque do lado direito na foto abaixo, é o responsável por toda esta mobilização. Desde que assumiu o TG 10-001 de Camocim o mesmo tem buscado diversas maneiras de alcançar os objetivos da instituição e talvez mais que isto, tem buscado formar pessoas conscientes, cidadãos aptos a defender a pátria.    
No texto abaixo seguem os objetivos dos Tiros-de-Guerra do Brasil

Extraído do R 138 - Regulamento dos Tiros-de-Guerra
Os Tiros de Guerra, são uma experiência brasileira vigente desde 7 de setembro de 1902, quando Antônio Carlos Lopes fundou, na cidade de Rio Grande-RS, uma sociedade de tiro ao alvo com finalidades militares e, depois de 1916, foram impulsionados pela pregação patriótica de Olavo Bilac - Patrono do Serviço Militar, sendo consequência, sobretudo, de um esforço comunitário municipal.


Os Tiros de Guerra (TG), são Órgãos de Formação da Reserva (OFR), que possibilitam a prestação do Serviço Militar Inicial, no município sede do TG, dos convocados não incorporados em Organização Militar da Ativa (OMA), de molde a atender à instrução, conciliando o trabalho e o estudo do cidadão.


Além de propiciar a prestação do serviço militar inicial, os TG devem:
I - contribuir para estimular a interiorização e evitar o êxodo rural
II - constituir-se em polos difusores do civismo, da cidadania e do patriotismo
III - colaborar em atividades complementares, mediante convênio com órgãos federais, estaduais e municipais, no funcionamento de ensino profissionalizante em suas dependências e na utilização das mesmas em práticas cívicas, esportivas e sociais, em benefício da comunidade local e
IV - mediante autorização dos Comandantes Militares de Área:
a) atuar na Garantia da Lei e da Ordem (GLO) e na Defesa Territorial
b) participar na Defesa Civil e
c) colaborar em projetos de Ação Comunitária.



A instrução dos TG deve ter por objetivo a preparação de:
I - munícipes conhecedores dos problemas locais, interessados nas aspirações e realizações de sua comunidade, e cidadãos integrados à realidade nacional.
II - reservistas de 2ª Categoria (Combatente Básico de Força Territorial), aptos a desempenharem tarefas limitadas, na paz e na guerra, nos quadros de Defesa Territorial, GLO, Defesa Civil e Ação Comunitária.
III - líderes democratas, atentos aos ideais da nacionalidade brasileira e à defesa do Estado Democrático de Direito.







Um comentário:

Respeito e transparência disse...

Parabéns pelo Blog e o excelente trabalho de divulgação de nossa guarda. Instrutor da GM-Rio André e Administrador do Blog Polícia Municipal vamos nos unir.http://guardadoguardagmrio.blogspot.com/